DEU RUIM

Transmissão desastrosa do Carnaval faz público se revoltar contra a Globo

O canal dos Marinho decidiu substituir seus jornalistas por pessoas do entretenimento e acabou causando indignação

Bruno Pinto
Repórter do EM OFF

Visando apenas lucro, a TV Globo tomou uma importante e polêmica decisão com relação a cobertura do Carnaval paulista. A emissora dos Marinho decidiu tirar seus jornalistas de campo, ou melhor, da avenida, e escalou profissionais do entretenimento para atuar como repórteres. O objetivo era simples, fazer publicidade.

Vale ressaltar que, em razão de regras do canal, o pessoal do jornalismo não pode fazer merchans. No entanto, a escolha do Globo não agradou e acabou sendo reprovada por grande parte do público. Insatisfeitos, diversos telespectadores usaram suas redes sociais para detonar a transmissão dos desfiles.

“A qualidade da cobertura caiu drasticamente. Entrevistas fracas, acontecimentos perdidos, poucos detalhes, até mesmo falta de feeling marcam o acompanhamento na Sapucaí. Produção audiovisual e jornalismo bem abaixo. Como sempre, quem salva é o sempre genial, carismático e competente Milton Cunha”, disse um internauta.

REPERCUSSÃO

Um outro usuário do X, antigo Twitter, seguiu na mesma linha e esculachou a decisão da Globo de tirar o Carnaval do jornalismo e entregar para o entretenimento. “Não tem jornalista na cobertura do Carnaval da Globo. Trocaram pela turma do entretenimento e aí não tem ninguém para relatar quando tá dando merd*”, disparou.

Além da apresentadora Kenya Sade, o time de repórteres contou também com a atriz Dandara Mariana e com o influenciador digital Vitor DiCastro. Mas nem todo o carisma do trio foi capaz de conquistar os telespectadores. No estúdio, Alex Escobar, Karine Alves e Milton Cunha comandaram a passagem das agremiações.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.