Emoção!

Renata Vasconcellos não segura emoção e quase chora com vídeo de Faustão

Apresentador gravou um vídeo emocionante, diretamente do quarto do hospital onde se recupera da cirugia por um novo coração

Jenifer Alves
Repórter do EM OFF

Renata Vasconcellos quase foi às lágrimas ao encerrar o “Jornal Nacional” desta quinta-feira, 31. O telejornal exibiu um vídeo de Faustão agradecendo à família do doador do coração que recebeu. O apresentador passou pela cirurgia no último dia 27, depois de 20 dias na fila de espera do SUS. “Saúde pro Faustão”, disse a jornalista, visivelmente emocionada.

Faustão gravou o vídeo do quarto onde está internado. O apresentador mandou um recado diretamente à família do doador de órgãos, Fábio Cordeiro. O jogador de futebol, de 35 anos, teve seu coração transplantado no apresentador após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). A cirurgia, no entanto foi questionada por internautas devido a sua rapidez. Apesar disso, Fausto se mostrou satisfeito.

“Agradecimento especial ao José Pereira da Silva, pai do Fábio, que teve uma grandiosidade incrível, uma generosidade absurda, e proporcionou que eu continuasse vivo. Eternamente grato ao José Pereira da Silva, homem simples… Eu fico emocionado, porque ele me deixou a chance de viver de novo”, disse o apresentador com a voz embargada.

Críticas ao sistema de transplante

Além de tranquilizar os fãs, Faustão também disse não se importar com as suposições sobre seu transplante. “Eu sei que a internet tem um monte de merd@ falando, gente falando bobagem. Mas, se eu tivesse preocupado com isso, não teria nem começado a minha carreira. Portanto, você que gosta de mim, eu tenho que dar uma satisfação para você”, destacou.

Fausto Silva foi internado no dia 5 de agosto com um quadro grave de insuficiência cardíaca. Mais tarde então, ele entrou na fila para receber um novo coração. O procedimento foi realizado com sucesso e o apresentador se recupera bem. “Ainda estou com a garganta arranhada, porque eu fui intubado. Mas, estou bem, muito disposto. Já estou andando e [a cirurgia] faz só três dias“, disse ele.

Oveterano lembrou também, da necessidade de conscientização sobre doação de órgãos. “Agora é motivar todo a fazer do país o primeiro doador de órgãos do mundo. Temos que conscientizar, não tem que ser obrigatório”, concluiu. O apresentador tem 73 anos e deixou a TV aberta pela primeira vez desde que iniciou sua carreira. O último programa com seu nome foi ao ar em 18 de agosto.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.