POLÊMICA!

Desenho da Netflix mostra Jesus armado e tendo relações íntimas com mulheres

A nova temporada da série Paradise PD, da Netflix, vem recebendo críticas por mostrar Jesus com armas e tendo relações íntimas com duas mulheres

Fernanda Barreiros
Repórter do EM OFF

A terceira temporada da série animada “Paradise PD, uma produção própria da Netflix, está causando burburinhos nas redes sociais. Estreada recentemente, a série mostra Jesus Cristo em desenho, em ato de terrorismo e promiscuidade, o que vem causando críticas por parte da comunidade cristã. Em um dos episódios, o personagem em desenho desde da cruz com duas armas e atirando nos seus inimigos. 

Original dos Estados Unidos, “Paradise PD” é “Polícia do Paraíso”, em tradução para o português, e estreou o primeiro episódio em 31 de agosto de 2018. Na sinopse diz: “Um policial novato começa a trabalhar na desorganizada unidade comandada por seu pai e, entre um “tiro” e outro, a equipe tenta resolver um grande caso de drogas. Assista o quanto quiser. Nesta série dos criadores de “Brickleberry”, Sarah Chalke de “Scrubs” dubla a sádica policial Gina”.

Em um dos episódios é possível ver uma cena em que o Jesus desce da cruz para matar seus perseguidores com duas metralhadoras nas mãos. Logo depois, ele participa de um ato sexual com duas mulheres. Porém tal sátira dos criadores não atraiu pessoas da comunidade cristã, que passaram a criticar a série e pedir a retirada da mesma.

Público critica série da Netflix

Apesar da Netflix ser uma das mais queridinhas e pioneira na divulgação dos seus serviços, para o público, a série não agradou. Ou seja, após a exibição do episódio de Jesus Cristo com armas, a plataforma de streaming vem recebendo críticas nas redes sociais. Na página “Fuxico Gospel” no Instagram, os seguidores reagiram ao desenho de Jesus com armas e mulheres. Apesar de ser animação, a série não é indicada para crianças. A classificação etária é de 16 anos por conter cenas violentas, sexuais, e drogas ilícitas.  

Contudo, entra as críticas estão: “Tá repreendido! Que blasfêmia“; “Foi os Bolsonaristas que fizeram? Pq eles que pregavam isso a todo custo“; “A humanidade segue descendo de ladeira abaixo”; “Esse não é o Jesus da Bíblia, é outro qualquer criado pela mente tresloucada deles“; “Por causa dessas coisas e outras o mundo tá do jeito que tá” e “Esse com toda certeza não JESUS CRISTO que morreu na cruz por todos os pecadores“, foram algumas das reações.

Apesar de no Brasil, o debate ser recente, nos Estados Unidos a discussão é antiga, pois o episódio estreou em 2021. Na série, o personagem é apresentado como um defensor do acesso universal às armas, justificando isso com as palavras que “as armas tornam o mundo um lugar melhor”. O assunto entra em debate no episódio da cena da crucificação, onde Jesus desce da cruz para matar seus inimigos.

Paradise PD│Jezus z gnatami│dubbing PL

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.