NÃO ERA AMOR

Pantanal: Muda abre o jogo com Tibério e destrói o coração do peão

Após ter se rendido para o peão, Muda voltou atrás e afirmou que não tem sentimento por Tibério, deixando o rapaz arrasado

Matheus Nunes
Repórter

Na próxima terça-feira (17), um coração ficará partido em Pantanal, novela das nove da TV Globo. Após ter se rendido para a declaração de Tibério (Guito) no remake, Muda (Bella Campos) finalmente tomará coragem e falará para o peão que seu sentimento por ele não é recíproco e acabará o deixando decepcionado. E não para por ai, não! A moça ainda beijará Levi.

No início do capítulo, Madeleine (Karine Teles) ficará revoltada e acusará Gustavo (Caco Cioccler) de tê-la traído com Nayara. Promete! Irma não acreditará quando Madeleine (Victoria Rossetti) diz à irmã que reconquistará José Leôncio (Marcos Palmeira) e ficará chocada. Levi baterá de frente e confrontará Muda, que não abaixará a cabeça. Filó (Dira Paes) flagrará Levi (Leandro Lima) com Muda e mandará a moça se decidir entre o peão e Tibério. Aquele empurrãozinho.

Juma (Alanis Guillen) pedirá a Jove (Jesuíta Barbosa) que não fale mais em ir embora da fazenda. José Lucas (Irandhir Santos) estará disposto a encontrar seu caminhão e fazer justiça. Muda deixará claro para Tibério que não gosta do peão da forma como ele gostaria. Em seguida, Muda não perderá tempo e beijará Levi, e revelará ainda ao peão o seu objetivo de vingança. Trindade (Gabriel Sater) aconselhará Tibério a mandar Levi embora, causando aquela discórdia. José Lucas ajudará o caminhoneiro que lhe dá carona, rumo ao Paraguai.

A declaração de amor de Tibério para Muda

Vale lembrar que em Pantanal, Muda (Bella Campos) baixou guarda para Tibério (Guito) e acabou se entregando ao encanto do peão quando ele a procurou para conversar. O peão responsável por gerir a fazenda de José Leôncio (Marcos Palmeira) contou com todas as letras que era apaixonado pela forasteira nos últimos capítulos da novela da emissora carioca.

No episódio que já foi ao ar, Tibério abriu o coração e se declarou para a moça: ”Eu lhe amo como nunca amei mulher nenhuma em toda essa vida. (…) A Nenhuma mulher tinha me tirado o sono antes, Muda”. Muda se fez de díficil e deu uma recuada declarando: ”No meu coração nunca teve espaço pro amor”, respondeu. O peão insistiu e interrogou a guria: ”Um dia ocê acha que pode vir a ter?”.

Mas a dureza moça não durou muito e aos poucos ela foi se rendendo às palavras dele e, pela primeira vez, em muito tempo, acabou se emocionando. O cuidador de fazendas insistiu: ”Fala, Muda? O que é que ocê tem?”, questionou ele, ao a ver chorando. Ao responder, ela fez uma revelação para ele: ”Meu nome não é Muda!”. Segundos depois, ela revelou seu verdadeiro nome: ”Rute, Tibério… É esse o meu nome”. E desabafou para ele: ”E eu quero esquecer. Esquecer quem eu fui, de onde vim, porque cheguei aqui. De tudo”, finalizou.

Quando era pequena, Rute viu o pai ser assassinado por Gil (Enrique Diaz), que, por sua vez, foi vingar a morte do filho. A moça cresceu tomada pelo sentimento de ódio e de fazer com que um dia os Marruás pagassem pelo que fizeram à família dela. Em sua chegada ao Pantanal, conheceu um capataz que matou Maria Marruá (Juliana Paes). Ela, que se fingiu de muda para não ter que dar satisfação, pretendia fazer o mesmo com Juma (Alanis Guillen), mas acabou por se apegar à menina-onça e adiando seus planos iniciais.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.