TÁ RUIM?

Para jogar na Arábia Saudita, Neymar exigiu oito carros, geladeira cheia e muito mais; veja

Jogador assinou contrato com o Al Hilal na última terça-feira (15)

Carolina Freitas
Repórter do EM OFF

Apesar de ter recebido uma enxurrada de críticas ao aceitar jogar pelo Al Hilal, time da Arábia Saudita, Neymar Jr. não está nem um pouco preocupado com o que o público pensa, muito pelo contrário. A verdade é que o atleta irá viver uma verdadeira vida de “rei” na Ásia. Isso porque, além de ganhar quase R$ 2 bilhões em dois anos atuando pelo time de Jorge Jesus, o pai de David Lucca e Mavie, ao assinar o contrato com os sauditas, fez uma série de exigências absurdas, conforme divulgou o jornal inglês “The Sun“, nesta última terça-feira (15).

A primeira delas é em relação à casa que ele ficará. O jogador pediu que sua mansão tenha no mínimo 25 cômodos. Além disso, Neymar foi sucinto ao pedir uma piscina sob medida: 10 metros de largura e 40 metros de comprimento. Para satisfazer suas vontades, ele também fez questão de ter cinco funcionários a sua disposição durante 24h por dia. Entre eles, estariam dois para limpeza e um chef local, que acompanharia um chef pessoal do camisa 10.

Pensa que acabou por aí? Que nada! Tem muito mais. Outro pedido inusitado do jogador foi para que as geladeiras da casa sempre estejam cheias de suco de açaí de sua marca preferida, além de refrigerantes para seus amigos e familiares. Ney também pediu para que suas contas em hotéis e restaurantes sejam pagas pelos sauditas quando ele estiver viajando nas folgas.

Para o transporte, o atacante brasileiro fez questão de pelo menos oito carros de luxo: um Bentley Continental GP, um Aston Martin DBX, uma Lamborghini Huracan, quatro Mercedes G Wagon e uma van Mercedes. Por fim, além de exigir um motorista para acompanhá-lo sempre, Neymar teria solicitado um jato particular para que ele viaje quando quiser.

Mudança de time

Ao assinar com o Al-Hilal, Neymar se tornou o terceiro jogador mais bem pago do mundo. O jogador brasileiro perde apenas para Karim Benzema, que faturou 195 milhões de euros por ano ao assinar contrato com o Al-Ittihad, e para o português Cristiano Ronaldo, que assinou com o Al-Nassr por 200 milhões de euros por ano.

Ao site oficial do Al-Hilal, Neymar afirmou que jogar na Arábia Saudita sempre foi o seu “sonho”. “Eu conquistei muito na Europa e desfrutei de momentos especiais, mas eu sempre quis ser um jogador global e me testar com novos desafios e oportunidades em novos lugares”, disse.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.