Preocupação

Maior medo de Silvio Santos é revelado

De acordo com Yudi Tamashiro, aquele também era um medo da produção do SBT

Lara Santana
Repórter do EM OFF

No último dia 18 de outubro, o ex-apresentador Yudi Tamashiro participou do programa “Podcast das Estrelas” e contou um dos maiores medos de Silvio Santos na época em que ele apresentava o “Bom dia & Cia”. O “menino do Playstation” estava falando sobre seu passado conturbado e revelou que o maior medo do dono do SBT e dos produtores era que ele engravidasse uma mulher mais velha.

O assunto entrou em pauta quando ele e o jornalista Leão Lobo conversavam sobre toda a polêmica envolvendo a atriz Larissa Manoela e os pais. Yudi revelou que o objetivo de Silvio Santos era proteger o patrimônio do garoto. De acordo com o jovem, ele foi emancipado com 16 anos de idade e que tinha apenas 1% da empresa em seu nome.

“O próprio Silvio falou isso pros meus pais e depois outros profissionais chegaram: ‘Tem que proteger os seus filhos'”, relatou Yudi Tamashiro. “Qual é que era o medo de todo mundo que cercava os meus pais? De eu engravidar uma menina, e eu já ficava com mulheres bem mais velhas, e a menina vai, mete um golpe em mim e pega tudo. ‘Então vamos proteger o patrimônio dele?'”, explicou o jovem.

Yudi Tamashiro falou sobre os vícios enquanto apresentava ‘Bom dia & Cia’

O ex-apresentador do programa infantil se definiu como alguém “Vida Louca” e falou sobre o que aprontava. “Eu fiquei um tempo viciado em…e as pessoas não acham que vicia, mas em casa de swing [ambiente em que ocorre troca de casais em meio a relações sexuais e outros fetiches]”, contou Yudi. Segundo o rapaz, ele chegava nesses ambientes e os apresentadores das casas o anunciavam no microfone.

Yudi Tamashiro revelou que também dava muitas festas, além de beber muito. “Bebida pra mim sempre foi o problema e eu arrumava muita confusão”, explicou ele. De acordo com o rapaz, aos 21 anos ele foi parar no hospital quase com um quadro de cirrose. Ele também contou que começou a consumir bebidas alcóolicas aos 14 anos de idade.

“Com a bebida eu ficava muito agressivo, porque eu sofria muito bullying”, explicou o ex-apresentador do “Bom dia & Companhia”. “Por causa do Playstation, porque eu apresentava um programa infantil, porque eu era japonês, porque eu era quase um anão. A minha vida foi em torno de bullying”, relatou o rapaz. De acordo com Tamashiro, ele sofria bullying em todo lugar em que ia.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.