"Por favor, motorista"

Léo Santana dá esporro em motorista de trio elétrico e assume o controle

Léo Santana dá bronca em motorista de trio elétrico e decide tomar as rédeas da situação "o comando do meu bloco e do meu trio sou eu"

Renzo Sagratzki
Repórter do EM OFF

No último sábado, uma enorme fila causou tumulto em um dos acessos ao circuito Barra-Ondina, em Salvador. A espera se estendia desde o portal instalado em frente ao posto de combustível Menor Preço, na Rua Miguel Burnier, até adentrar a Rua Marquês de Caravelas, impossibilitando em alguma medida a passagem de alguns trios elétricos.

Enquanto isso animava um bloco no circuito Dodô (Barra-Ondina) o cantor Léo Santana, que chamou a atenção do motorista do trio elétrico por estar excedendo a velocidade comum aos trios, tendo até mesmo quase atropelado alguns foliões que lá se encontravam. Em meio a agitação, Léo Santana se dirige ao motorista:

“Isso aperta o meu bloco, aperta a pipoca, fica desconfortável para todo mundo. Se o trio não andar, vai ficar desconfortável para o meu bloco e eu vou ficar desconfortável daqui de cima tambám vendo isso” reclamou. Para seguir em frente sem que seja motivo de transtornos, Léo Santana se prontificou a dar as ordens e assumir o controle da situação.

Sabendo dos compromissos com o evento que cada um dos profissionais trabalhadores tem com os horários e zelagem dos equipamentos, Léo diz, já pressupondo a direção, mas ainda assim tomando as rédeas: “Por favor, motorista, eu sei que existe toda uma direção do carnaval de Salvador, mas o comando do meu bloco e do meu trio sou eu” dispara.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.