DEU O QUE FALAR!

ÁUDIO: Ex-assessor afirma que teve relação romântica com filho de Bolsonaro

O antigo funcionário de Jair Renan surpreendeu com revelação

Jean Telles
Repórter do EM OFF

Viralizou nas redes sociais na noite dessa quinta-feira (14), o depoimento do influenciador Diogo Pupe, ex-assessor de Jair Renan Bolsonaro, filho de ex-presidente da república Jair Bolsonaro. Em um depoimento dado a Polícia Civil do Distrito Federal, o antigo funcionário do filho “04” do ex-presidente falou sobre a investigação no qual o empresário foi submetido.

Logo após o fim de seu depoimento, Pupe surpreendeu com revelação: “Eu tive um relacionamento com o Renan, do qual não falei para ninguém ainda. Eu estava esperando todo esse “auê” da polícia, mas logo logo eu vou falar sobre isso, tá bom? Eu tinha um relacionamento íntimo com ele, romântico”, informou o ex-assessor ao Metrópoles.

Vale lembrar que o filho do ex-chefe do Executivo foi alvo recentemente de uma investigação policial da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Ordem Tributária (Dot/Decor), unidade da PCDF. A operação nomeada de Nexum cumpriu, ao todo, com quatro mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva. 

Nas redes sociais, internautas reagiram ao suposto caso de Jair Renan com seu antigo assessor: “Será que o Bolsonaro vai aceitar o genro?”, ironizou um internauta no Twitter. “Que ironia do destino não?”, comentou mais um pela mesma rede social. Vale lembrar que o ex-presidente já foi duramente criticado no passado, devido aos seus discursos homofóbicos. 

A investigação 

De acordo com informações divulgadas pelo colunista Guilherme Amado, do Portal Metrópoles, o ex-assessor de Jair Renan disse em depoimento ter ouvido do empresário do filho de Bolsonaro – Maciel Carvalho -, uma ordem para que transferisse a empresa RB Eventos para o nome de outra pessoa. 

Contextualizando, naquela época o filho “04” do ex-presidente era investigado pela Polícia Federal por suposto crime de tráfico de influência e lavagem de dinheiro envolvendo a empresa. Antes de trocar de proprietário, a RB mantinha sua sede no mesmo endereço da 357 cursos. Firma que dava aula de tiros e era comandada pelo empresário de Jair Renan. 

Ainda de acordo com informações do colunista, a RB Eventos foi transferida esse ano por Jair Renan para um novo dono. Trata-se do empresário Marcos Aurélio Rodrigues, que é parceiro comercial de Maciel e dono da empresa 357 Cursos. Devido aos fatos, a polícia trabalha com a suspeita de que Rodrigues tenha sido usado como laranja em um suposto esquema irregular. 

A empresa chamou atenção das autoridades, devido ao fato de não haver nenhuma movimentação de pagamentos. Além disso, a firma faturou R$ 4 milhões em apenas um ano. 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.