Será mesmo?

Alexandre Correa revela ainda amar Ana Hickmann

Ele também contou sua versão do dia da agressão

Lara Santana
Repórter do EM OFF

Nesta quarta-feira (29), o empresário Alexandre Correa participou do programa “Chupim Metropolitana” e revelou que ainda ama a apresentadora Ana Hickmann. Ele também falou sobre como lidará com esse amor agora que os dois estão se divorciando. A decisão foi tomada após a loira registrar um B.O contra ele por agressão.

O assunto entrou em pauta quando o apresentador Marcelo Barbur perguntou ao empresário se ele ainda é apaixonado por Ana Hickmann. Foi então que o homem o corrigiu, dizendo que na verdade ama a ex-esposa. “Eu amo a Ana, é diferente. Só que eu vou ter que aprender a não amá-la”, explicou Alexandre Correa.

“Eu vou ter que deixar de amá-la, justamente por ter que respeitar a decisão dela, respeitar a dor que ela está, antes de mais nada, independente do que aconteceu no dia, do que ela está narrando”, esclareceu o ex-marido de Ana Hickmann. Em seguida, ele afirmou que é prudente pedir desculpas à apresentadora do “Hoje em Dia”, ao filho e a todos os outros envolvidos na polêmica.

“Todo mundo foi afetado, a começar pela Ana e o meu filho. Começar pedindo perdão, não desculpa, perdão”, pontuou o ex-marido da contratada da Record Tv. O empresário Alexandre Correa também revelou que não imaginava que este tipo de coisa aconteceria com ele nem mesmo em seus piores pesadelos.

Alexandre Correa contou sua versão dos fatos

De acordo com o homem, no dia em que teria acontecido a agressão, a loira estaria conversando com o filho do casal, Alexandre Jr, quando ele começou a chorar copiosamente. “Aquilo me deixou muito abalado, muito consternado, então eu peguei e me ausentei”, explicou ele. Segundo Correa, ele voltou à cozinha após um tempo e uma “discussão mais acalorada” entre os dois teria começado.

Alexandre também contou que pediu ao filho que saísse do local e que o menino o teria obedecido. “E aí começou a discussão. A discussão foi esquentando, esquentando, esquentando, até que saímos em uma área de churrasqueira, ela falou de chamar a polícia, eu entrei em parafuso”, explicou ele. De acordo com o homem, quando Ana Hickmann foi passar por uma porta, ele colocou o pé para impedi-la de fechar e a porta teria batido no braço da mulher.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.