ExclusivoVirginia deixou de faturar duas vezes mais durante a ‘live milionária’

Sócio da influenciadora soltou o verbo sobre a instabilidade do site, que prejudicou as vendas

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Após a live milionária que Virginia Fonseca fez no último sábado (14), seu sócio Thiago Stabile (que é marido de Samara Pink, amiga e sócia da influenciadora), gravou um vídeo afirmando que a We Pink teve um prejuízo e deixou de vender, praticamente, duas vezes menos por conta de uma instabilidade da plataforma que conclui as compras do site. De acordo com ele, mais de um milhão de pessoas não conseguiram finalizar suas compras.

“Tô aqui pra fazer um desabafo com vocês. Vocês lembram da nossa live, que a gente teve um baita de um problema? Ontem, a gente estava levantando alguns números pra saber o tamanho do prejuízo que tomamos. Um dos fundadores da plataforma teve uma reunião com a gente, a gente levou os números pra eles e, resumidamente, não tivemos solução nenhuma, falaram coisas paliativas, coisas pra ‘tampar o sol com a peneira'”, disparou Thiago, antes de completar:

“E como saiu em vários veículos de comunicação que nós só faturamos R$ 15 milhões, ontem, com todo o time, a gente fez um balanço e era pra gente ter faturado muito mais, pelo menos uns 70% a mais. Tivemos mais de um milhão de tentativas de finalizações de compras com insucesso, porque a plataforma não segurava”, afirmou.

Samara e Virginia ficaram online por 12 horas, no último sábado (14), e faturaram quase R$ 15 milhões. Porém, o objetivo da dupla é alcançar a marca de R$ 240 milhões em 2023, segundo a revista ‘Forbes’, além de lançar novos produtos e montar 40 quiosques próprios. Somente na primeira hora de ao vivo da dupla, foram realizadas mais de 10 mil vendas.

Samara atribuiu o sucesso das vendas à grande quantidade de seguidores de Virginia. Somente no Instagram, a esposa de Zé Felipe já passa dos 40 milhões de fãs. “Temos a maior influencer do Brasil como sócia e isso ajudou demais a termos mais pessoas conhecendo e se apaixonando pelos nossos produtos. Virginia tem muita credibilidade com seu público”, declarou na época à ‘Forbes’.

Através de uma nota oficial, a assessoria da influenciadora confirmou a intermitência do site, que causou a queda nas vendas: “A live de 12 horas, realizada no último sábado (14), teve um faturamento de R$ 15 milhões, mas, após checagem final, foi detectado que o faturamento deveria ter sido o dobro, se não fosse a instabilidade da plataforma que deixou de concluir uma média cem mil clientes, totalizando mais de um milhão de tentativas de compras sem sucesso”, começou a nota.

Em seguida, o comunicado continuou: “O resultado foi muito comemorado pelos sócios, e só sentiram não poder atender a todos os fãs da marca que não conseguiram comprar os produtos. Criada há pouco mais de um ano, a WePink, com forte em vendas digital, despertou o interesse de especialistas do mercado financeiro que, por sua vez, comparam seus resultados em paralelo com grandes marcas do segmento”, descreveu o texto.

A assessoria detalhou alguns números da empresa: “Segundo Júnior Borneli, da ‘StartSe’, as gigantes Boticário e Natura possuem, respectivamente, faturamento de R$ 2 milhões e R$1,9 milhões por hora. Estamos falando de empresas com milhares de lojas físicas e revendedoras espalhadas por todo país. Já a novata We Pink faturou na live R$ 1,25 milhões por hora, considerando a duração da live. Lembrando que, se não houvesse instabilidade na plataforma de vendas, o movimento hora poderia ter superado tanto Boticário como Natura”, finalizou.

https://emoff.meionorte.com/wp-content/uploads/2023/01/WhatsApp-Video-2023-01-19-at-14.48.18.mp4

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.