vixi!

Shayan Haghbin vai à Justiça contra Deolane Bezerra

Ex-Fazenda pede indenização por danos morais; entenda o caso

Fábia Oliveira
Colunista do EM OFF

Shayan Haghbin acionou a Justiça de São Paulo contra Deolane Bezerra. Segundo informações do site ‘Hora Top TV’, o ex-Fazenda protocolou uma ação na última quinta-feira (23) e pediu uma indenização por danos morais à influenciadora digital. No processo, Shay, como é conhecida pelo público, afirmou que durante sua participação em ‘A Fazenda 14’, da ‘Record TV’, a advogada o insultou.

O empresário listou na ação alguns links de vídeos do YouTube que, segundo ele, mostram que ele foi chamado por Deolane Bezerra de “mentiroso, lixo, falso, doente mental, perturbado, psicopata, babaca, nojento, aproveitador, sem vergonha, enrustido e homofóbico”.

À Justiça, ele disse, ainda, que a influenciadora digital praticou atos que ultrapassam a razoabilidade, o taxando “como um ser desprezível, que merece transitar entre a ignorância e a invisibilidade, em manifestações notadamente xenofóbicas, agindo com descaso para com as instituições repressivas e certa de sua impunidade”. Shayan Haghbin explicou também que a questão se mostra severa, “visto que denota discriminação flagrante, praticada por pessoa conhecedora das leis e dos princípios que regem a sociedade brasileira”.

Diante disso, o iraniano pediu uma indenização de R$ 39 mil por danos morais, ou, em outro valor que a Justiça entenda mais adequado ao caso. Ainda de acordo com o site ‘Hora Top TV’, Deolane ainda não foi citada pela Justiça.

‘Não entendo como esse tipo de pessoa tem audiência’, diz Shay sobre Bia Miranda

Shayan Haghbin, que foi expulso de ‘A Fazenda 14’ após brigar com Tiago Ramos, ainda guarda algumas mágoas da sua participação no reality. O rapaz, que nasceu no Irã, no Oriente Médio, se diz vítima de xenofobia e conta que sua expulsão do reality foi injusta. Após sua saída, ele revela que precisou buscar terapia.

“Eu gastei uma graninha com psicólogo”, falou em entrevista para o podcast ‘Na REAL’. “Não foi a emissora que disponibilizou o especialista pra você?”, perguntou o apresentador Bruno Di Simone. “Sim, eles indicaram, mas era a profissional deles, né? Nada contra, mas ela ia defender os interesses deles, né? Preferi escolher uma fora da emissora, foi melhor pra mim. Não tô julgando, mas é diferente uma psicóloga que não tem vínculo”, rebateu.

Ao ser perguntado sobre as agressões e ataques [xingaram até a mãe dele] que sofreu, como ser cuspido por Bia Miranda, por exemplo, ele comentou que o brasileiro gosta de baixaria. “Ela tá ganhando muito dinheiro. Parabéns pra ela. Não entendo como esse tipo de pessoa tem audiência no Brasil”, destacou o iraniano, se referindo à neta de Gretchen.

Sobre ter amizade com os outros famosos, Shayan se limitou a dizer que convive apenas com Bárbara Borges, Iran Malfitano, Ruivinha de Marte e Alex Gallete. E ressalta que não se arrepende de ter aceitado o convite para o programa. “Tudo é experiência, aprendizado. Não costumo me arrepender de nada do que eu fiz. Talvez, eu mudaria algumas coisas. Eu defendi os meus princípios, defendi minha família. Saí de cabeça erguida”, lembrou.

E citou que Deolane Bezerra tinha uma implicância diferente com ele. “Quando a Deolane brigava comigo, vinha todo mundo pra cima de mim. Era uma coisa em massa, não era uma pessoa só. Por vezes a Deborah [Albquerque] entrava no meio e me defendia. Ela e a Babi. Sou muito grato à elas por isso. Mas eu fui perseguido sim”, detalhou, relatando ainda que Ellen Cardoso, a Moranguinho, foi a pessoa que mais demonstrou ter preconceito com relação a ele.

“Estou processando a Moranguinho, já tive algumas respostas, mas nada diretamente sobre a xenofobia. Dizem que é crime, mas não explicam o que acontece, qual é a pena ou em quanto tempo vão fazer valer a lei. Eu não debatia muito com ela, mas as palavras e atitudes dela me machucavam. Ela ofendia a mim e, de certa forma, a todos os imigrantes que moram aqui. Quando ela disse ‘volta pra sua terra’, dói em qualquer pessoa de fora. Não podemos fechar os nossos olhos e vou enfrentar isso, buscar respostas”, frisou.

Para finalizar, Shayan foi perguntado sobre a expulsão de ‘A Fazenda’. “Geralmente, quando se é expulso, entende-se que houve uma quebra de contrato e tem que pagar uma multa, isso aconteceu com você?”, perguntou Di Simone. “Não, eles [Record] quiseram resolver amigavelmente, para preservar a minha imagem, porque eu provei que não agredi o Tiago [Ramos]. Eles dizem que preferiram me retirar do jogo por conta dos ataques, para me resguardar. Não perdi o cachê e nem paguei nenhuma multa”, finalizou.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.