SEM PACIÊNCIA

Jade Picon dá patada e obriga fã assistir ‘Travessia’

Jade Picon, atriz e ex-participante do 'Big Brother Brasil 22', perdeu a paciência com um fã durante um festival

Adriel Marques
Colunista do EM OFF

Jade Picon, atualmente no ar em Travessia, não gostou de ouvir um pedido enquanto participava de uma festa. Interpretando a patricinha e blogueira Chiara, na teledramaturgia da Globo, a atriz e influenciadora digital perdeu a paciência com um seguidor e o vídeo foi parar na internet. Desde que estreou na ficção, está sendo criticada pela pouca experiência na função e por viver uma carioca, forçando o sotaque na trama.

Durante um evento, Jade foi abordada por um internauta: “Eu pedi pra Jade Picon falar uma frase que puxasse um X: ‘Puxa um remédio aí pra mim!'”, disparou o seguidor da criadora de conteúdo. Sem papas na língua, retrucou o anônimo: “Eu não estou de Chiara, hoje não. Não tô de Chiara! Mas se ligar a televisão, amanhã às 9 da noite, estarei lá falando”.

Léo Picon, empresário de irmão de Jade Picon, debochou da famosa recentemente: “Se tivesse entrado para o teatro quando eu falei para você entrar, você não estaria passando por isso agora”. O influenciador escreveu a ironia após ler diversas alfinetadas, sobre a atuação da beldade na novela global. Enquanto estava confinada no Big Brother Brasil, o loiro já havia brincado em seu perfil: “É Jade, eu tentei! Você chegou num ponto que eu tô tentando passar pano pra você. Digamos que esse ponto é abaixo do fundo do poço. Agora é viver a vida após o tombo. Ninguém mandou não cantar Thiaguinho. Bom dia! Já cantaram hoje? A Jade não vai errar não”.

Em tom desabafo, a atriz contratada pela Globo abriu o coração e desabafou sobre os comentários maldosos e críticas: “Estou aprendendo na frente de milhões de brasileiros. Todos os dias vocês olham na TV e estou eu, Chiara, só que eu Jade Picon, aprendendo e fazendo. Me dispus a fazer e a enfrentar, não tem como plantar batata e colher cenoura. Estou disposta a passar por isso, ser criticada, o que for necessário, porque para mim é tão grande essa realização. Se eu tiver que passar por isso, tudo bem. Tem crítica que tem um fundo de verdade sim, o que eu posso fazer para um zero virar um dez?”.

Leia também:

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.